Como Investir em Fundos Imobiliários e Alcançar os Melhores Resultados

Fundos Imobiliários

Conteúdo do texto

Você já ouviu falar em Fundos Imobiliários? Existem, atualmente no mercado, diversas opções de investimento, com produtos para todos os perfis de investidor e para todos os bolsos. O tipo de investimento a ser feito deve ser escolhido levando diversos critérios em consideração, pois envolve muitos riscos.

O Fundo de Investimento Imobiliário (FII) é uma modalidade de investimento bastante acessível e estão disponíveis para qualquer pessoa que deseja iniciar no ramo imobiliário. Ou seja, ele não demanda investimentos iniciais muito altos para adquirir a participação em um imóvel, se tornar um investidor e usufruir das vantagens que essa modalidade oferece.

Veja neste artigo todas as características do Fundo de Investimento Imobiliário, seus benefícios e como investir. Continue neste post e confira!

O que são os Fundos Imobiliários?

Fundo Imobiliário é uma modalidade de investimento que reúne um grupo de investidores com o objetivo de investir em um imóvel, ativos imobiliários ou empreendimento, como hospitais, shoppings, galpões, centros empresariais, etc. O investidor adquire a cota de um imóvel, por exemplo, e passa ser dono parcial do mesmo. É basicamente a mesma coisa que comprar um imóvel para investimento, porém com uma concentração financeira menor e uma diluição dos riscos.

Diferentemente das outras modalidades de investimento, o investidor recebe os dividendos do FII, por exemplo: se ele optou por um Fundo de Investimento de um shopping, receberá proporcionalmente o valor dos alugueis referente à sua participação no fundo. O investidor não tem direitos efetivos sobre a propriedade, apenas sobre os seus lucros, o real detentor dos direitos é o administrador dos fundos, a instituição financeira.

Como os Fundos Imobiliários funcionam na prática?

Os Fundos de Investimento Imobiliário são administrados por um gestor que realiza seu acompanhamento no mercado, e a administração do patrimônio, com o objetivo de aumentar a sua rentabilidade. A maioria dos Fundos realiza investimento em imóveis comerciais que possuem grande potencial de lucros, não só com a locação, mas com a possível valorização do mesmo.

Sendo assim, os lucros obtidos pelos investidores provêm dos alugueis dos imóveis e da valorização das cotas, não sendo muito diferente dos investimentos realizados em ações na bolsa de valores. Todas as regras aplicadas dentro de um Fundo são determinadas pelo regulamento próprio do mesmo e também pela legislação vigente. Esse regulamento pode determinar, por exemplo, se o Fundo deve investir apenas em imóveis que já se encontram prontos, ou se ele será genérico, podendo investir tanto em imóveis prontos quanto em construção.

Quais os tipos de Fundo de Investimento Imobiliários existentes?

• Fundos de Tijolo: são o tipo o fundo mais tradicional, são focados em investir em imóveis reais, e os lucros são obtidos por meio de alugueis e a liquidação de ativos.

• Fundos de Papel ou de Recebíveis: não investem diretamente em imóveis, mas em outros fundos do mercado imobiliário e em ativos.

• Fundos de Desenvolvimento Imobiliário para venda: é uma captação de fundos com o objetivo de desenvolvimento de projetos imobiliários, mais comumente residenciais. O lucro provém da venda, onde ele é distribuído entre os cotistas.

• Fundos de Desenvolvimento Imobiliário para renda: funciona da mesma maneira que a anterior, porém, ao invés de realizar a liquidação do imóvel, ele está focado em obter lucros com locação e valorização.

Como funciona a Gestão dos Fundos Imobiliários?

Existem dois tipos de Gestão de Fundos Imobiliários:

Gestão Passiva: é a gestão aplicada em fundos que possuem em seu regulamento os tipos de imóveis aos quais eles estão destinados.

Gestão ativa: qualquer tipo de Fundo que não se enquadre nas determinações da Gestão Passiva, automaticamente será enquadrado nessa opção. Ou seja, o foco é ultrapassar o benchmark utilizado, não se limitando a ele.

Quais as vantagens que esse investimento apresenta?

Antes de realizar qualquer tipo de investimento, é importante realizar uma profunda pesquisa de mercado, entender suas particularidades e os benefícios que cada modalidade oferece. Veja abaixo as principais vantagens que investir em um Fundo de Investimento Imobiliário pode trazer:

Oportunidade de investimento em grandes empreendimentos

Ao invés de investir seu capital em pequenos empreendimentos, como casas e apartamentos, o até mesmo em salas comerciais, o Investidor terá a oportunidade de participar de empreendimentos maiores, com maiores retornos financeiros.

Baixo Investimento Inicial

É uma oportunidade de investimento muito democrática, uma vez que demanda um capital inicial mais modesto. Se você não tem como comprar um imóvel inteiro para gerar renda, pode investir em uma ou mais cotas, em alguns casos, por menos de R$ 100 cada uma.

Gestão Realizada por um profissional qualificado

Todo Fundo de Investimento Imobiliário é gerido por um profissional capacitado e especialista no ramo, que é responsável direto pela escolha do imóvel onde o fundo será aplicado, processo de escolha de inquilinos, cobranças, etc. Para que tudo funcione da melhor maneira possível, é importante que esse profissional tenha muito conhecimento do ramo e perícia para efetuar as melhores escolhas para o investimento.

Diversificação de Investimentos, sem precisar de muitos recursos

Manter uma carteira de investimentos diversificada é vital para reduzir perdas e obter sucesso no mercado financeiro. No FII, o investidor pode aplicar seus recursos em diversos fundos sem precisar de grandes quantias de dinheiro. A principal vantagem é se proteger de possíveis baixas de rentabilidade.

Quais os riscos envolvidos?

Imprevistos

Todas as modalidades de investimento apresentam algum grau de risco, principalmente no que se refere às crises e oscilações do mercado. Algumas complicações podem afetar diretamente o investimento, sem que tenha relação direta com o fundo escolhido.

Poucas possibilidades de conversão

Por se tratar de um “investimento fechado”, o FII possui baixa liquidez. As únicas maneiras de se obter dinheiro com esse tipo de investimento é vendendo a sua cota para outro investidor, em caso de liquidação total ou de fim de vencimento.

O que deve ser levado em conta ao investir?

Antes de adquirir um FII, alguns aspectos devem ser analisados e levados em conta:

Estude o mercado Imobiliário

Como todo o investimento está diretamente ligado ao mercado imobiliário, é primordial realizar um estudo e conhecer a situação e as oscilações que o ramo vem apresentando. Todo investimento apresenta riscos, mas possuindo um conhecimento prévio, você poderá tomar decisões mais sensatas quanto ao Fundo a ser escolhido e o momento certo de realizar esse investimento. Ter a auxílio de profissionais pode ser um diferencial nesse momento.

Analise o histórico de cada fundo

Assim como o mercado precisa ser analisado, o investimento também deve. Com esse estudo, você conseguirá entender o comportamento desse fundo ao longo do tempo, a média de lucro que ele apresenta, as oscilações que ele sofre, etc. Isso vai ajudá-lo a enquadrar o melhor Fundo para os seus objetivos. Nesse momento, o auxílio de profissionais também pode ajudar a tomar a melhor decisão.

Conheça os gestores e a procedência do Fundo

Um bom fundo deve ser administrado por bons gestores, que serão responsáveis pelas decisões mais importantes relacionadas ao investimento. Dessa forma, conheça os responsáveis, seus respectivos históricos profissionais e experiências no mercado. Quanto mais capacitado for o profissional, melhores as chances de sucesso do investimento. Por se tratar de um ramo muito específico, é importante que ele tenha especialização e um conhecimento profundo do mercado imobiliário para que as suas decisões sejam baseadas em informações concretas e realistas. Esse gestor precisa entender o mercado imobiliário e ter tino para as tendências do ramo.

Como investir em Fundos Imobiliários?

Agora que já tratamos do básico, fica a questão: como começar a investir em fundos imobiliários? Antes de se jogar de cabeça, analise os seguintes aspectos:

• O seu perfil de investidor é compatível com esse tipo de investimento? Você precisa ter uma visão clara dos seus objetivos e dos seus recursos, para vislumbrar se é a melhor oportunidade de negócio no momento.

• Entre em contato com uma corretora de investimentos confiável e realize a abertura de uma conta, pois é por meio dela que você poderá acompanhar o desempenho dos seus aportes. Esse tipo de prestação de serviço costuma acarretar em cobrança de taxas, informe-se antes.

• Tipos diferentes de Fundos de Investimento Imobiliário podem gerar resultados distintos. Com a consultoria de um profissional você poderá selecionar o tipo que melhor se encaixa na sua realidade e objetivos.

• Informe-se antes sobre como a distribuição dos lucros é realizada e sobre a sua volatilidade.

• Além de um conhecimento sobre o mercado imobiliário, é muito importante que você acompanhe as questões sociais, político e econômicas que podem interferir nos resultados do seu investimento.

Esclarecidas essas questões, partimos para o mais importante: como começar? Você pode adquirir as cotas de Fundo de Investimento Imobiliário em duas modalidades:

Mercado primário: são cotas disponibilizadas em Oferta Pública Inicial, possuindo valores predeterminados e uma quantidade mínima de papéis. Nesse cenário, a subscrição na cota é feita por meio de um Boletim de Subscrição.

Mercado Secundário: a negociação é feita diretamente com outros investidores, que é o que se aplica quando um investidor decide liquidar sua cota. Nesse tipo de investimento, para alguém entrar, alguém precisa sair, por isso é tão restrito.

Conclusão

Espero que este artigo tenha ajudado você a entender um pouco sobre como os Fundos Imobiliários funcionam, uma vez que essa categoria de investimento está muito em alta no mercado atual. Caso tenha alguma dúvida, estamos prontos para auxiliar e esclarecer!

Compartilhe este conteúdo

Simule seu investimento aqui

Oferecemos uma alternativa lucrativa para aplicar seu dinheiro de forma segura e profissional, com retorno consideravelmente superior ao de qualquer aplicação básica oferecida hoje no mercado.

Que tal acompanhar a performance dos nossos investimentos?

Preencha o formulário abaixo com seus dados e o valor do investimento (em US$) a ser simulado. Na sequência enviaremos no seu e-mail um link de acesso ao nosso sistema, onde você poderá conferir o quanto este dinheiro teria rendido nos últimos 12 meses.