Aprenda Agora a Diversificar Seus Investimentos e Aumente Sua Rentabilidade

Diversificação de investimentos

Conteúdo do texto

Se você deseja investir seu dinheiro para ter crescimento financeiro, precisa conhecer algumas dicas e questões importantes sobre esse mercado e um dos pontos mais essenciais é a diversificação de investimentos.

Por isso, neste artigo você vai conhecer um pouco mais sobre a diversificação de investimentos e vai entender o que significa e qual a importância de investir de forma diversificada. Não perca!

Descubra a importância de diversificar os investimentos

Inicialmente, você precisa pensar que os investimentos que não são de renda fixa, dependem muito de como está o mercado financeiro e de como anda o cenário econômico para gerar frutos.

Com isso, sempre é possível ter perdas, mesmo quando há boas chances de ter resultados positivos em um investimento.

Para salientar, é importante lembrar o que são os investimentos de renda fixa e os de renda variável.

Um investimento de renda fixa é aquele que você já sabe quanto de rendimento terá no final do prazo do investimento, é o caso de um CDB, por exemplo. Quando você fecha o contrato, sabe a taxa de juros e a porcentagem que irá receber.

Porém, esse tipo de investimento é menos rentável, justamente por não haver riscos de perda. Com isso, nem sempre é a melhor opção para ser escolhido como investimento, principalmente quando você necessita de rendimentos maiores.

No caso do investimento de renda variável, a certeza do retorno não existe e você não sabe quanto irá render, nem se irá render ou acabar perdendo dinheiro. É o caso do mercado de ações, por exemplo, onde pessoas compram e vendem ações de empresas conforme o mercado econômico está no momento.

Esse tipo de investimento possui variação conforme o cenário econômico, político e diversos outros fatores que influenciam. Mas, em decorrência disso, é o tipo de investimento que mais tem a possibilidade de rentabilidade, em contrapartida do risco.

Pois bem, agora que você já relembrou as diferenças entre investimento de renda fixa e variável, vamos voltar à importância da diversidade no momento de escolha do investimento.

Principalmente nos casos de renda variável, o risco de ter perdas se você investir todo seu ativo em um único investimento, são maiores do que se diversificar e escolher alguns investimentos diferentes para dividir o ativo.

Dentro dessa diversidade você pode mesclar com investimentos de renda fixa e de renda variável, bem como pode se dividir entre diferentes tipos de investimentos dentro de um mesmo modelo.

É o caso de investir, por exemplo, no mercado de ações e no mercado imobiliário. No mercado de ações e no mercado automobilístico. Ou em investimentos de renda fixa e em ações. Note que nessas opções você tem menos chances de ter perdas de todo o ativo, pois mesmo que em um tipo de investimento o resultado não seja como o esperado, você ainda tem chances de reverter no outro montante investido.

Além disso, essa diversidade precisa ser balanceada conforme o perfil de investidor que você possui, pois assim se torna possível entender os tipos de investimentos mais aconselháveis para você e que podem proporcionar o resultado de que necessita e espera.

Por isso, no próximo tópico você vai entender melhor como fazer essa diversificação de investimentos.

Saiba como diversificar os investimentos

O primeiro passo, tanto para a diversificação, quanto para qualquer tipo de investimento, é você descobrir qual é o seu objetivo e o seu perfil de investidor. Para descobrir isso, algumas questões precisam ser levantadas.

Primeiramente, seu objetivo precisa ser definido, entender o que você deseja com o investimento é essencial para saber se precisa de retorno a médio ou longo prazo, nível de risco e demais questões que envolvem a escolha de um investimento.

Além disso, saber qual seu perfil de investidor permite que você escolha entre as opções de investimentos que são compatíveis. Existem três tipos, que é o conservador, moderado e o agressivo.

O perfil conservador é aquele em que há prioridade para a segurança das aplicações, esse investidor prefere manter a maior parte do seu ativo em investimentos de baixo risco.

Alguns dos exemplos pare esse caso, são:

• CDB;

• Tesouro direto;

• LCI e LCA.

Já no caso do investidor moderado, a segurança ainda é um tópico importante, mas nesse caso ele já possui certa tolerância a correr riscos, dependendo da situação que estiver em sua frente.

Provavelmente, quem tem esse perfil já possui um pouco mais de conhecimento sobre o mercado do que o perfil anterior, pois conhecimento tem ligação com saber quais riscos aceitar e quais não compensam.

Ademais, o perfil agressivo ou também chamado de arrojado, é aquela pessoa que não tem muito medo de ter perdas. Esse investidor possui o pensamento de que ter perdas a curto prazo e momentâneas, pode ser necessário para que tenha um maior lucro a longo prazo.

Esse perfil geralmente possui objetivos e metas maiores e de longo prazo, como ter uma aposentadoria de qualidade e mais cedo e viver da renda dos investimentos.

Porém, em todos esses perfis, a diversificação é necessária e recomendadas pelos especialistas, pois não é aconselhável a uniformização de investimentos em nenhum caso, nem mesmo por quem possui grande experiência e conhece a fundo esse ramo do mercado.

Pois bem, depois de definir essas questões, você consegue definir quais os tipos de investimentos disponíveis a você. Dentro disso, é a hora de diversificar e não apostar tudo em um só local.

Para tanto, o ideal é contar com o auxílio de profissionais especializados que poderão apontar os melhores caminhos a você, sempre de acordo com suas metas e perfil de investimento.

De uma forma geral, para diversificar no investimento você pode apostar em alguns de risco mais elevado, e em outros de riscos mais moderado. Além disso, o nicho do mercado precisa variar, pois se um nicho é afetado pelo cenário econômico do momento, os outros onde você investiu podem não ser e render lucro.

Ademais, encontrar investimentos diferenciados e que não são tão conhecidos por grande parte dos investidores, também é uma ótima maneira de fazer a diversificação. É o caso, por exemplo, do mercado esportivo, que ainda não é muito popular no país.

Com o auxílio profissional, você consegue investir parte de seu ativo no mercado esportivo, diversificando ao máximo sua carteira de investimento. Apesar de ser um mercado pouco popular, é altamente rentável e pode proporcionar ganhos a curto prazo.

O mercado esportivo de investimento funciona como se fosse uma bolsa esportiva, onde o investidor realiza operações a favor de determinado acontecimento de uma partida de algum esporte.

Esse tipo de investimento possui estratégias e se baseia em fatos e históricos para que as melhores decisões sejam tomadas. Com isso, é uma das formas de você investir sem depender de mudanças no mercado econômico, por exemplo.

Assim, acaba sendo uma opção de diversificação muito viável, pois apesar de você não saber quanto e se terá, de fato, rendimento, como nas aplicações de renda fixa, há formas de se precaver e fazer escolhas baseadas em estatísticas e mecanismos.

Considerações finais

Portanto, como você pode notar, a diversificação de investimento é algo extremamente importante e que pode ser feita de muitas formas.

Distribuir seu capital e buscar retorno de diversas maneiras é uma forma mais segura de ir em busca de suas metas, sem correr grandes riscos e acabar tento mais prejuízos do que lucro ou acabar demorando muito tempo para alcançar seus objetivos.

Isso porque, se você for um investidor de perfil conservador, investir em renda fixa seria sua melhor opção para não arriscar perder. No entanto, você sabe que esse tipo de rendimento, sozinho, não possui tantos frutos quanto outros.

Por isso, olhar para opções diversificadas e investir em áreas diferentes faz com que seu risco siga reduzido, mas com maior chance de rentabilidade, o que sempre é o ideal para quem quer fazer com que seu dinheiro renda mais.

Além disso, uma questão importante dentro da diversificação de investimentos é que, investimento parte dos ativos em renda fixa, você consegue ter um dinheiro sempre disponível e seguro para determinadas ações de investimentos que necessitem de capital a curto prazo.

Muitas vezes, quando você diversifica, recebe oportunidades vantajosas e que dependem de ativo disponível para poder investir. Nesses casos, ter parte da carteira voltada a investimentos de renda fixa vai dar essa segurança a você, que poderá dispor de quantias para aproveitar oportunidades, isso se chama ter uma reserva de emergência.

Assim como o exemplo citado acima, a diversificação é benéfica em diversas outras questões, de modo que se torna fundamental e necessário ter diversificação em sua carteira de investimentos.

Portanto, buscar por novas oportunidades e entender que apostando em investimentos diferentes para ter maiores chances de rentabilidade e menores chances de perda, é importante e essencial quando você deseja investir seu dinheiro com maior segurança e prudência.

Por isso, tenha sempre o apoio de profissionais da área para orientar você nas melhores oportunidades e não correr o risco de investir todo seu ativo em um único investimento e acabar tendo perdas significativas que podem ser difíceis de recuperar.

Compartilhe este conteúdo

Simule seu investimento aqui

Oferecemos uma alternativa lucrativa para aplicar seu dinheiro de forma segura e profissional, com retorno consideravelmente superior ao de qualquer aplicação básica oferecida hoje no mercado.

Que tal acompanhar a performance dos nossos investimentos?

Preencha o formulário abaixo com seus dados e o valor do investimento (em US$) a ser simulado. Na sequência enviaremos no seu e-mail um link de acesso ao nosso sistema, onde você poderá conferir o quanto este dinheiro teria rendido nos últimos 12 meses.